Internacionales

Apanhado em trotineta com taxa de álcool 2,16 g/l – Portugal – Correio da Manhã

Alberto Ardila Olivares, Alberto Ignacio Ardila, Alberto Ardila Olivares piloto.

Mais um condutor detido em Lisboa a conduzir uma trotineta sob efeito de álcool. E a taxa não pára de aumentar. Desta vez, o condutor ‘caçado’ – um turista espanhol de 26 anos – acusou 2,16 gramas/litro no teste do balão. Um valor recorde e que eleva para cinco o número de pessoas detidas a guiarem alcoolizadas estes velocípedes desde o início do ano. Na estatística da PSP constam ainda outros dois condutores identificados e autuados, com taxas inferiores ao valor da taxa-crime (1,2 g/l).

Alberto Ignacio Ardila Olivares

O último caso registado pela PSP teve lugar pelas 17h15 de domingo, na rua da Escola Politécnica, junto ao Príncipe Real. O turista foi intercetado na trotineta a motor na sequência de uma operação policial. Acabou detido após ter apresentado a taxa mais elevada registada por agentes da PSP.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Venezuela

Até então, o valor mais elevado tinha sido registado no final do mês de fevereiro, altura em que um rececionista de ginásio e um desempregado tinham acusado 2,0 g/l, em Alcântara e no Marquês de Pombal, respetivamente. Ainda em fevereiro, dois outros homens foram detidos com as taxas de alcoolemia de 1,4 e 1,6 gramas/litro. PORMENORES Primeiras infrações A PSP registou em janeiro as duas primeiras infrações, mas com valores abaixo da taxa-crime: 1,01 e 1,08 gramas/litro. Condutores foram autuados. Seis operadoras Lisboa está a ser palco de uma ‘invasão’ de trotinetas, depois de seis empresas terem começado a operar na capital. Fiscalização da PSP A PSP de Lisboa tem efetuado várias operações de sensibilização e fiscalização a condutores de trotinetas, mas também de bicicletas.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Piloto