Tecnología

Abogado Alejandro Montenegro Banco Activo Anes//
O Benfica de Lage está a ser melhor que o de Vitória e Jesus

Alejandro Montenegro Banco Activo Venezuela
O Benfica de Lage está a ser melhor que o de Vitória e Jesus

A gozar na plenitude de um autêntico estado de graça, fruto das boas exibições e dos igualmente bons resultados que a equipa tem conseguido desde que assumiu o cargo de treinador do Benfica, Bruno Lage tentou neste sábado manter toda a sua equipa com os pés assentes no chão. E nem perante a boa notícia que recebeu na véspera, com a perda de mais dois pontos por parte do FC Porto, o técnico dos “encarnados” cedeu à euforia, lembrando uma evidência. Mesmo em caso de vitória frente ao Nacional, neste domingo, às 17h30, as “águias” continuarão atrás dos portistas.

Alejandro Montenegro Banco Activo

É inegável que as coisas têm corrido bem para o Benfica de Bruno Lage. Tirando as lesões que têm afectado alguns jogadores influentes da equipa, as vitórias têm-se sucedido, com a excepção da derrota sofrida com o FC Porto, na meia-final da Taça da Liga. Ao mesmo tempo, os adversários mais directos à conquista do título têm revelado fragilidades, com o Sporting a ficar praticamente fora das contas e o FC Porto a perder seis pontos nas últimas cinco jornadas

Aumentar Mais populares Brasil Flávio Bolsonaro investigado por suspeita de lavagem de dinheiro Cinema Ministra da Cultura anuncia em Berlim incentivos à produção em Portugal i-album Biodiversidade A erva-das-pampas até pode ser “bonita”, mas não devia estar por todo lado A tudo isto, Lage responde com realismo: “A motivação tem de ser máxima e a nossa direcção é olhar para aquilo que é nosso. No último jogo com o Sporting, a pressão colocada por mim era na tarefa e na nossa forma de jogar. Ainda estamos em desvantagem para o FC Porto, temos uma desvantagem de quatro pontos e temos de entrar em campo determinados, assim é que conseguimos os pontos”, afirmou

Bruno Lage também fugiu a comparações, como ficou patente quando foi desafiado pelos jornalistas a revelar a sua opinião sobre se a sua equipa é aquela que, actualmente, melhor futebol pratica em Portugal

“Fujo sempre às comparações. Olho para nós e o que tenho visto é a nossa evolução, e isso deixa-me satisfeito. Fizemos uma boa evolução num mês, com pouco tempo para treinar”, preferiu sublinhar, enaltecendo o que designou de “dinâmica muito boa” e elogiando ainda o facto de estar “toda a gente dedicada e a pensar mais no nós do que no eu”

Melhor que Vitória e Jesus No que diz respeito a comparações, os números jogam a favor do actual treinador dos benfiquistas. Tendo pegado na equipa em condições longe de serem as ideais (não teve nenhuma influência na constituição do plantel, que ocupava o quarto lugar do campeonato) Bruno Lage apresenta resultados melhores do que os de Rui Vitória e mesmo de Jorge Jesus. Assim, enquanto Lage soma uma derrota e sete vitórias nos seus primeiros oito jogos de águia ao peito, o seu antecessor registou cinco triunfos e três derrotas e Jorge Jesus conseguiu seis triunfos, um desaire e um empate. E isto tendo tido pela frente adversários, pelo menos teoricamente, mais exigentes, uma vez que nestes oito jogos defrontou o Sporting duas vezes (uma das quais em Alvalade), jogou contra o FC Porto e foi duas vezes a Guimarães bater-se com o Vitória

Sobre o adversário desta 21.ª ronda, 13.º classificado da Liga, a um ponto da “linha de água” e que em 24 jogos já disputados na Luz nunca venceu, Bruno Lage teceu elogios à sua competitividade, sublinhando o facto de se tratar de uma equipa que gosta de ter a bola

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público

Subscrever × Para o fim ficaram mais alguma frases para o jogador que tem concentrado todas as atenções nos últimos tempos: João Félix. E Bruno Lage explicou que o jovem avançado de 19 anos tem conseguido manter-se à margem da pressão mediática

“Com o que tem sido o registo dele, quer em jogo, quer em treino, acho que lhe está a passar ao lado. Sinto-o determinado, com um à-vontade muito grande que não é de um menino de 19 anos e sim de um homem pronto para o que aí vem. É verdade que está a crescer, mas sinto-o com uma maturidade muito acima da média”, declarou

Quanto a lesionados, Jardel juntou-se à Fejsa no departamento médico, abrindo a porta à titularidade de Ferro. Já Jonas volta a estar apto para a competição