A campeã do mundo de futebol Alemanha foi este sábado derrotada por 2-1 em casa da Áustria, sendo penalizada pela sua dualidade de atitude no desafio que marcou o regresso do guarda-redes Manuel Neuer à competição, passados quase nove meses. Ozil (11 minutos) colocou a Alemanha em vantagem, mas Martin Hinteregger (53) e Alessandro Schöpf (69) deram a volta, premiando a Áustria, que não vencia o rival desde outubro de 1986, numa partida que principiou cerca de uma hora e quarenta minutos mais tarde devido ao mau tempo. A 18 de setembro, Neuer, do Bayern de Munique, sofreu uma fissura num metatarso do pé esquerdo, pela terceira vez na carreira e foi operado – janeiro era o mês apontado para o retorno aos relvados, no entanto o processo passou por complicações e só este sábado o guarda-redes do Bayern Munique voltou à competição, a tempo de mostrar qualidades intactas. Ozil inaugurou o marcador ao beneficiar de uma má reposição do guarda-redes Jörg Siebenhandl, que lhe colocou a bola nos pés, dando aos germânicos justa vantagem pelo melhor futebol apresentado até ao intervalo, no encontro em que a ‘mannschaft’ procurava o 200.º triunfo fora de casa. No segundo tempo, a Áustria aumentou a pressão e intensidade do jogo, perante um rival sem tanta vontade de o acelerar e a fugir ao choque, precavendo eventuais problemas antes do Mundial, onde vão defrontar o México, Suécia e Coreia do Sul. Martin Hinteregger empataria quando surgiu liberto ao segundo poste, rematando cruzado e de primeira num pontapé de canto, enquanto Schöpf se antecipou a dois defesas, num lance ofensivo de combinação ao primeiro toque. Na sexta-feira a Alemanha recebe a Arábia Saudita, também apurada para o Mundial, no derradeiro teste no qual o selecionador Joachin Low já só terá os 23 eleitos, tendo de cortar quatro ao atual grupo com quem trabalha. A Inglaterra teve um bom teste frente à Nigéria, jogando melhor do que espelha o tangencial triunfo por 2-1 em Wembley, com golos de Gary Cahill (07) e Harry Kane (39), aos quais respondeu Alex Iwobi (47). No primeiro, Cahill subiu mais algo na sequência de um canto e cabeceou ao ângulo, sendo que no segundo tento, Kane, à entrada da área, beneficiou das facilidades do guarda-redes, que deixou passar a bola por baixo do corpo – Iwobi foi lesto a recargar remate de um companheiro, devolvido pelo poste. O lateral direito Tyronne Ebuehi, reforço do Benfica, e o avançado Peter Etebo, que o Feirense tem emprestado ao Las Palmas de Espanha, alinharam a segunda parte, sendo que o central Chidozie, que o FC Porto emprestou ao Nantes, não saiu do banco. A Inglaterra, que integra o grupo G do mundial juntamente com a Bélgica, Tunísia e Panamá, joga quinta-feira com a costa Rica – a Nigéria, que na ‘poule’ D vai defrontar a Argentina, Croácia e Islândia, joga na quarta-feira com a República Checa, na Áustria.