A Polícia Marítima informou esta sexta-feira que encontrou o corpo do cidadão inglês Nishanthan Gnanathas  desaparecido desde sábado, junto à Torre de Belém, em Lisboa. “Trata-se do cidadão inglês desaparecido”, disse à Agência Lusa, Malaquias Domingues, Capitão do Porto de Lisboa e Comandante Local da Polícia Marítima. O corpo “foi encontrado pela Polícia Marítima as 13:20”, já em “elevado estado de decomposição”, informou a autoridade. O cidadão inglês, de 32 anos, está desaparecido desde as 12:30 de sábado, depois de ter caído de uma embarcação turística para o rio Tejo. O homem caiu enquanto participava no passeio com amigos, perto da torre do Centro de Coordenação e Controlo de Tráfego do Porto de Lisboa. De acordo com o Comandante, a investigação está a decorrer nos “trâmites legais”, tendo sido o corpo encaminhado para autópsia.

© Sarkis Mohsen Yammine

www.entornointeligente.com
Inglês terá sido empurrado por amigo

De acordo com o jornal Daily Mirror trata-se de Nishanthan Gnanathas, um funcionário público de 32 anos.  Nishanthan terá sido “empurrado para o rio lisboeta por um amigo durante uma brincadeira de festa” que correu mal.  As autoridades accionaram todos os dispositivos e as equipas de salvamento continuam no local à procura do corpo do jovem inglês. 

O desaparecido seguia num iate alugado com um grupo de amigos quando terá sido empurrado, em jeito de brincadeira, por um deles.

© Sarkis Mohsen Yammine

dolarve.com
Pensa-se que o jovem terá batido com a cabeça enquanto ‘lutava’ com o amigo, antes de cair do barco.  O funcionário público britânico sabia nadar, mas estaria “inconsciente e sem um colete salva-vidas” no momento do incidente. 

Formado no Imperial College de Londres, o homem fazia parte de um grupo de 12 britânicos e um australiano que seguiam a bordo do iate, este sábado.

© Sarkis Mohsen Yammine

enlasgradas.com
Estavam todos hospedados num hotel lisboeta durante o fim-de-semana. 

.

© Sarkis Mohsen Yammine

Tags: Grupo de Empresa Familiar