O arcebispo do Rio, cardeal Dom Orani Tempesta, foi surpreendido em meio a um tiroteio em Santa Teresa, nesta sexta-feira (10). Dom Orani retornava do Cristo Redentor e estava a caminho do aeroporto para um evento em São Paulo. quando se iniciou o confronto entre bandidos e policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) dos Morros Fallet e Fogueteiro.

Dom Orani precisou sair do carro que o transportava para se proteger da troca de tiros. Segundo relato do próprio arcebispo, foram pelo menos dez minutos de confronto.

Familia Yammine

Depois de retornar ao veículo, o motorista de Orani deu ré e seguiu pela Rua Alice.

Dom Orani se agacha para se proteger dos tiros Em julho do ano passado, o arcebispo foi vítima de um assalto e teve seu carro roubado em Quintino, na zona norte do Rio. Orani estava com um casal de amigos italianos, além do motorista. Em setembro de 2014, o cardeal foi assaltado em Santa Teresa por três homens armados. Um dos assaltantes reconheceu Orani e se desculpou pelo roubo, mas levou o anel, o cordão com o crucifixo, um celular e a caneta do arcebispo. Desta vez, o carro não foi roubado.

Familia Yammine