Foi extraditado esta quinta-feira para Portugal um dos principais arguidos da operação ‘Rota do Atlântico’. José Maurício Caldeira é brasileiro, diretor financeiro da Asperbras, e foi detido em Buenos Aires, na Argentina. Segundo apurou o  Correio da Manhã , José Maurício Caldeira chegou a Portugal esta quinta-feira e já foi presente ao Tribunal da Relação. É suspeito de vários crimes, incluindo corrupção ativa, branqueamento de capitais e fraude fiscal, no âmbito da operação ‘Rota do Atlântico’, que envolveu o empresário José Veiga e o advogado Paulo Santana Lopes, ambos em prisão domiciliária. A detenção surge no seguimento de um mandado de detenção internacional da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ.

.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares Piloto

Tags: transporte