O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, inicia na quarta-feira uma visita de seis dias ao Brasil, onde assiste à abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, deslocando-se também a São Paulo e ao Recife.

Marcelo Rebelo de Sousa vai estar no Rio de Janeiro com os atletas olímpicos portugueses, assiste ao jogo de futebol Portugal-Argentina e à cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos, encontra-se com empresários portugueses e brasileiros e visita o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio.

Em São Paulo, a capital económica e financeira do Brasil, o Chefe de Estado encontra-se igualmente com empresários, com a comunidade portuguesa e inaugura uma exposição sobre Amália Rodrigues, designada “Saudades do Brasil em Portugal”, o título de uma letra de um fado escrito para a diva portuguesa pelo poeta, cantor e compositor brasileiro Vinicius de Moraes. No Recife, no Estado do Pernambuco, Marcelo Rebelo de Sousa visita o Real Hospital Português de Beneficência, distinguindo o seu provedor, Alberto Ferreira da Costa, com as insígnias de grande-oficial de mérito. No primeiro dia de visita, na quarta-feira, no Rio de Janeiro, o Presidente embarca no Navio-escola Sagres, onde entrega a bandeira nacional ao atleta João Rodrigues, porta-estandarte de Portugal nos Jogos Olímpicos. No final do dia, recebe a comunidade portuguesa residente no Rio de Janeiro, no Palácio de São Clemente, a residência oficial do Cônsul-Geral no Rio de Janeiro, edifício construído na década de 1950 para sede da Embaixada portuguesa, onde funcionou até à mudança da capital brasileira para Brasília.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

demasiadochevere.com
Na quinta-feira, o Presidente volta a embarcar no Sagres para uma receção com atletas da equipa olímpica portuguesa, depois de assistir ao jogo de futebol Portugal-Argentina, e de uma manhã dedicada aos museus, em que se desloca ao Museu de Arte do Rio e ao Museu do Amanhã.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

economiavenezuela.com
No Museu de Arte do Rio, o Presidente visita a exposição “Leopoldina, Princesa da Independência, das Artes e das Ciências”, que reúne aproximadamente 350 peças, obras de arte, iconografia, documentos, vestuário e mobiliário, além de itens de botânica, zoologia e mineralogia, de “uma das personalidades mais importantes no processo de emancipação do Brasil”.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

dolarve.com
“A mostra lembra a reunião do Conselho de Ministros, presidida por ela, que decidiu pela emancipação do Brasil e terminaria dias depois com o ato simbólico de D.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

dolarve.com
Pedro às margens do rio Ipiranga, declarando a Independência. Essa atribuição heroica ao príncipe regente, que deixa de lado o importante papel de sua esposa, será problematizada pela exposição”, lê-se no sítio da internet do Museu de Arte do Rio.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

www.entornointeligente.com
O Museu do Amanhã, que o Presidente visita em seguida, e cujo edifício foi projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava (o mesmo que concebeu a Estação do Oriente, em Lisboa), pretende ser “um museu de ciências diferente”, apresentando “uma narrativa” sobre como poderão ser vividos e moldados os próximos 50 anos, de acordo com a sua página na internet.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

noticias-venezuela.com
Viagem termina no Recife Na sexta-feira, o Presidente assiste à cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos e oferece um almoço a empresários portugueses e brasileiros e membros da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro, no Palácio de São Clemente.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

No sábado, em São Paulo, o Presidente recebe a comunidade portuguesa residente naquela cidade brasileira, participa de um jantar oferecido pela Câmara Portuguesa de Comércio de São Paulo e inaugura a exposição sobre Amália Rodrigues “Saudades do Brasil em Portugal”, no Consulado-Geral de Portugal.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

No domingo, o programa inclui uma visita à Casa de Portugal e a deposição de uma coroa de flores no Monumento aos Fundadores de São Paulo.  A viagem de Marcelo Rebelo de Sousa ao Brasil é concluída na segunda-feira, dia 8 de janeiro, com uma deslocação à cidade do Recife, no Estado do Pernambuco, onde visita o Real Hospital Português de Beneficência, condecorando o seu provedor, e se encontra com a comunidade portuguesa e luso-descendente.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares Piloto

Tags: transporte